Topo Site 1508
 | Home  | Noticias  | Galeria Fotos  | A nossa sede  | S. T. Tim. Espanhol  | Artigos  | Expo-Aves  | S.T. Fauna Europeia  | Clube
   Lizard

  O LIZARD

                                                     Por Carlos Lima

                                                                                                                   Juiz CNJ/OMJ

 

 

 

O canário Lizard “lucertola” é uma das maravilhas da canaricultura Inglesa e de todo o mundo, sendo a sua origem desconhecida, supõe-se ter como berço a França.

Foram no entanto, aperfeiçoados no Reino Unido a partir da segunda metade do sec XVI, apontando-se a hipótese de ser fruto de cruzamento com algum fringilideo devido às características que apresenta.

È a única raça na qual a sua coloração interessa, não só em torno de toda a plumagem mas em torno de cada pena que cobre o seu belo e maravilhoso manto.

È também considerado na generalidade um canário de cor, pois trata-se  de uma ave de linha escura, podendo ser comparada por analogia a um canário verde (negro amarelo), visto possuir pigmento de fundo amarelo o que nos Lizard intensivos provoca um verdadeiro contraste com cor negra das escamas.

Destinguen-se duas variedades:

-          Os intensivos são chamados dourados

-          Os nevados são chamados prateados

 

O tamanho do Lizard não deve ultrapassar os 12,5 cm, devendo a sua forma ser proporcional ao resto do corpo.

Na gaiola deve ter um comportamento calmo e a sua posição de 90º.

 

Desenho Dorsal

(Spangles)

25

O desenho do dorso em forma de meias-luas (spangles) tão escuras quanto possível e bem nítido e alinhado aumentando de tamanho em direcção à base das asas )desde o casco até as rémiges) posto em relevo o contraste com a cor de fundo.

Esta pontuação é dada pela nitidez e pela regularidade com que o desenho dorsal se apresenta alinhado e intervalado.

Plumagem e condição

15

Lisa, Brilhante, bem aderente ao corpo, principalmente nos canários dourados e um pouco mais volumosa nos canários prateados, geralmente no primeiro ano de vida a plumagem é mais perfeita, vindo ano após ano a sofrer deteriorações, geralmente localizadas nas asas e na cauda.

As aves mais escuras são as mais bem pontuadas

Desenho do peito

(Rowings)

10

As escamas peitorais (Rowings) devem ser perfeitamente nítidas e marcadas, convergindo em linhas paralelas e perfeitas, estendendo-se ao longo do corpo (dos olhos à face da cauda), notasse em muitos Lizards que o desenho do peito são bastante defeituosos e em muitos deles quase invisíveis.

Para o criador e expositor é necessário ter em conta um perfeito desenho peitoral, que é sinal de uma de verdadeira classe, o peito deve ser arredondado.

Cor de fundo

10

Regular e uniforme, amarela, branca ou laranja vermelho(coloração artificial).

O Lizard Dourado com a cor de fundo verde escura, com reflexos dourados, sendo a coroa de um tom mais vivo e brilhante.

O Lizard prateado a cor de fundo é branca, devendo ser uniforme brilhante e límpida.

Asas e cauda

10

As penas das asas e cauda, teoricamente devem ser completamente negras.

As asas bem aderentes ao corpo.

A cauda fechada e relativamente curta.

As penas brancas constituem um gravíssimo defeito e provoca a desclassificação em concursos.

Coroa ou Calota

10

Deve ser de forma oval, estendendo-se desde o bico até à base do craneo.

A sua cor é a cor de fundo sem quaisquer manchas.

A coroa partida ou imperfeita mostra uma ou várias zonas pigmentadas com o desenho típico dos (spangles) e são o prolongamento reduzido destes.

Sem coroa tem o desenho do dorso, que continua reduzindo-se sobre toda a superfície da calota, a cabeça é valorizada equitativamente para os dourados, prateado ou azuis, com ou sem coloração artificial, com calotas cheias, calotas partidas ou sem calotas.

As aves com coroa partida são iguais perante o standar, e não podem ser penalizadas se não ligeiramente, relativamente aos pontos previstos (10).

A perfeição do desenho das zonas melânicas será especialmente tomado em consideração.

Os lizards sem coroa trata-se de uma variedade muito valiosa, pois as marcações são mais perfeitas e geralmente mais negras. Neste o júri classificador deverá atribuir  máximo da pontuação, nos caso em que as escamas da cabeça se apresentam perfeitas.

Penas de cobertura

5

Formam bordaduras de orlas negras e típicas, separadas umas das outras que cobrem a base das penas das asas.

Sobrancelhas

5

Formam uma linha de penas negras nítida e regular que destaca os olhos e torna a forma oval da cabeça mais atenuada.

Bico e Patas

5

Devem ser o mais negro possível, o que aumenta a qualidade  do canário.

Nos canários em que o bico pernas e patas se apresentam de cor mais clara, geralmente estes pormenores acompanham a cor de fundo e a sua tonalidade de coloração com os defeitos que devemos banir, tais como penas brancas unhas claras em vez de negras.

As unhas claras provoca a desclassificação

Tamanho e posição

5

O tamanho não deve ultrapassar os 12,5cm.

Atitude atenta e viva

 

 

Nota: Gaiola de exposição tipo canário de cor com 2 poleiros

 

 


esq
Automoveis usados | Escola de Musica | Forum ATV Motos 4 | Instrumentos Musicais | Inserir Noticias
drt